• Análise SWOT: como fazer uma análise estratégica da sua loja de motopeças

    Publicado por: Túlio de Mello
    11 de outubro de 2017


    Uma das técnicas mais conhecidas para manter um bom planejamento estratégico é a análise SWOT. Se você ainda não conhece este método, saiba que ele pode ser aplicado em qualquer tipo de negócio e é muito útil para determinar qual é a hora certa para investir.

    E, o melhor de tudo, é que essa análise não requer nenhum investimento extra. É uma ferramenta simples que pode ser aplicada por todos, que requer apenas o conhecimento e experiência dos envolvidos no planejamento.

    Ficou interessado? Então acompanhe o artigo a seguir e saiba como aplicar essa técnica à sua loja de motopeças!

    O que é a análise SWOT?

    A análise SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunities e Treats) ganhou uma tradução no mercado brasileiro. Aqui, o método é chamado de análise FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) e vem sendo cada vez mais utilizado no planejamento estratégico das organizações.

    A análise SWOT foi desenvolvida na década de 1960, pelo pesquisador Albert Humphrey, da Universidade de Stanford. Ela consiste em um estudo de cenários mercadológicos, que levam em consideração fatores externos e internos para revelar as possibilidades de crescimento das organizações.

    Dessa forma, é traçado um quadrante no qual são listadas, de um lado, as oportunidades e ameaças existentes no mercado. Do outro, o pesquisador deve buscar as forças e fraquezas internas da empresa.

    Assim, é possível traçar um panorama no qual é possível determinar quais são as possibilidades de investimento, o quanto é possível crescer ou, se for o caso, avaliar a necessidade de adotar um comportamento mais retraído, como em uma crise, por exemplo.

    Como posso aplicá-la?

    Pela descrição, pode ficar parecendo que a análise SWOT é restrita a grandes corporações. Mas, isso não é verdade. O método é muito eficaz para a análise de cenários em qualquer segmento de atuação e para todos os portes de empresa, inclusive para uma oficina ou loja de motopeças.

    Até mesmo empreendedores individuais utilizam a análise SWOT em seus investimentos particulares, o que prova a versatilidade do método.

    Em sua loja de motopeças, você lida diariamente com o mercado, a concorrência e a necessidade de estar sempre à frente em termos de processos, atendimento e investimentos em geral. Isso demanda planejamento estratégico.

    Para fazer a análise SWOT, você deve listar, de acordo com cada elemento, os fatores que influenciam diretamente no mercado em que você atua. Veja alguns exemplos:

    Forças

    Essa análise é referente às possibilidades internas da sua loja. Você deve analisar se tem dinheiro em caixa, se há a disponibilidade para investir, se a sua marca tem boa aceitação no mercado. Além da mão-de-obra diferenciada e se trabalha com marcas renomadas do mercado das duas rodas, que garantem credibilidade na venda e prestação do serviço.

    Fraquezas

    Nesse quadrante, são listadas as suas dificuldades internas. Problemas com funcionários pouco qualificados, estoque deficitário, fluxo de caixa, rotatividade de colaboradores, ERP insuficiente para a necessidade da empresa etc.

    Oportunidades

    Aqui, você deve incluir as oportunidades de mercado que você enxerga para a sua marca. É hora de incluir possibilidades de financiamento, expansão, aumento na base de clientes, inclusão de novos produtos, serviços a serem oferecidos, como leva e traz, manutenção em horário noturno, mecânico 24hrs disponível, entre outros.

    Ameaças

    As ameaças são aquelas que vêm do mercado. Crise financeira, taxas de juros muito altas, poucas vendas, concorrentes fechando as portas, motos que saíram de circulação, motos muito antigas que a procura por peças vem diminuindo todos os anos e outros fatores que podem afetar o negócio negativamente.

    A análise SWOT pode ser usada tanto no início do planejamento estratégico, quanto durante. Isso porque o estudo de cenários também é importante para a manutenção da estratégia.

    Vale lembrar que a análise pode ser feita a várias mãos. Escute seus colaboradores que poderão indicar melhorias, saberão informar as fraquezas e, certamente, estarão dispostos a apresentarem oportunidades.

    Agora que você já sabe como a análise SWOT pode ajudá-lo a potencializar o seu negócio, que tal aprender um pouco mais sobre a importância do mix de produtos? Ele é fundamental para que você fidelize clientes para a sua loja. Boa leitura!


    Escrito por

    Túlio de Mello

    Túlio de Mello

    Especialista em Gestão Estratégica e E-business da Riffel