• Dicas para iniciar no mercado de motopeças

    Publicado por: Túlio de Mello
    25 de agosto de 2016

    Várias motos estacionadas enfileiradas

    O Brasil é o local onde mais se empreende no mundo, de acordo com a pesquisa de 2015 da GEM – Global Entrepreneurship Monitor. No entanto, segundo o mesmo estudo, o país também possui mais empresários autônomos que abrem CNPJ por necessidade, do que empreendedores que encontram oportunidade e investem.

    Segundo a GEM, falta inovação às empresas brasileiras. Essa é uma das razões pelas quais metade das empresas fecham as portas após quatro anos de funcionamento, de acordo com o IBGE. Isso é ruim para empreendedores que pretendem fazer o mesmo. Contudo, é ótimo para quem quer inovar.

    Afinal, sempre haverá mercado para negócios bens estruturados. Mas, como iniciar no mercado de motopeças e/ou acessórios para moto? Nós te daremos quatro dicas essenciais para você entrar nesse negócio hoje mesmo.

    Faça o fundamental para iniciar no mercado de motopeças

    Como já dito, existem milhões de lojas de peças e acessórios para moto, mas é seguro crer que muitas delas não fazem o básico ao abrir um negócio. Como, por exemplo, possuir um bom estoque com marcas de qualidade, manter a loja limpa, investir em um ambiente agradável com acessórios e produtos de mais saída à vista, tratar o cliente com comprometimento e qualidade.

    Aprenda um pouco de marketing

    Engana-se quem pensa que marketing é apenas anunciar em rádios e produzir panfletos. Marketing deve ser a base estratégica da sua loja de motopeças. Defina um posicionamento em relação ao mercado e faça o marketing dele. Essa é a alma do negócio.

    Mão segurando um autofalante

    Trabalhe para que sua imagem e o seu posicionamento seja visto e lembrado pelo seu público. Dessa forma, as chances de aumentar as vendas e a lucratividade são maiores. Você não precisa ser um especialista em comunicação, basta saber definir bem o seu produto-chave, local da loja e distribuição, preço e público que busca fazer negócios.

    Invista com qualidade

    Segundo a maioria dos economistas, ao abrir um novo negócio, não se deve comprometer toda a sua renda no pontapé inicial. Tampouco, deve-se contar apenas com o dinheiro de empréstimos ou financiamentos. Isso pode comprometer a sua saúde financeira pessoal e levar você, e a sua loja, à falência.

    Então, junte uma boa quantia de dinheiro e apenas complemente através de um empréstimo, caso necessário. Com isso em mãos, faça uma lista dos itens em que serão necessários investimentos imediatamente ou não. Por exemplo, é vital que você mantenha um estoque organizado de suas peças, com marcas de confiança e boa quantia de produtos, com maior procura.

    Aprenda a gerenciar

    A administração é uma arte e, como tal, deve ser alvo de constante atualização. É raro alguém sem experiência se tornar um bom gestor da noite para o dia. Para isso, é preciso conhecer o mercado e essa é a hora de você buscar qualificação junto às instituições de empreendedorismo, como o SEBRAE. Produtos de qualidade também são fundamentais para dar boa visibilidade ao seu negócio.

    Somente assim, você conseguirá ter novas ideias para ir além. Através de novas perspectivas você encontrará lacunas no mercado de motopeças que nenhum dos seus concorrentes percebeu. Isso significa que sua empresa durará muito tempo, de forma saudável apresentando sempre resultados positivos.

    Lembre-se: seu negócio dependerá de você e seu esforço para manter a organização. Pronto para iniciar no mercado de motopeças e começar com o pé direito?

    Conheça as vantagens e como revender produtos Riffel na sua loja: http://goo.gl/RoNjEf


    Escrito por

    Túlio de Mello

    Túlio de Mello

    Especialista em Gestão Estratégica e E-business da Riffel